Coração: Uma Relação Amorosa Com A Imagem.

Liliana Valéria Crisci Abeid

Orientadora: Sonia Marchi de Carvalho

RESUMO

A ideia central deste trabalho foi a de fazer uma reflexão sobre a relação amorosa com a imagem e, para tal, usou-se a circumambulatio do coração, em suas mais diversas manifestações imagéticas. Considerou-se que apenas a relação amorosa com a imagem a torna significativa no processo psíquico, pois a dialética só é capaz de acontecer em relação com o outro, com a imagem sujeito. Considerou-se, também, que a relação amorosa em sua inteireza pode ser transformadora e criadora. Fez-se um paralelo da arte e do processo psíquico, não para explicar a psique pela arte, mas para aprender com a arte os caminhos da alma que se revela em suas imagens. Selecionou-se uma metáfora expressiva da alma e relacionou-a a outras metáforas expressivas artísticas, musicais e teóricas ao redor do tema do coração. Observou-se com o desenvolver do trabalho que o coração está profundamente relacionado com a transformação espiritual. Por meio do aprofundamento do tema, aproximou-se da alquimia árabe e, a partir daí, aproximou-se do tema do amor e da mística do coração. Considerou-se, então, a mística do coração como um elemento central da interioridade humana e da relação com o centro motor da relação amorosa com a imagem e que, esta imagem, pode ser o divino.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *