Dia 25/8 das 9h às 17h30

Dra. Edith Modesto

Doutora e mestra em Semiótica e Linguística Geral pela USP; Psicanalista; Profa. Dra. de Cursos de especialização em Diversidade de Orientações Sexuais e Identidades de Gênero na FFLCH Fac. De Filosofia Letras e Ciências Humanas – USP; Pesquisadora, Escritora. Fundadora do GPH – Grupo de Pais de LGBTs – o 1º. Grupo de Pais de LGBTs do Brasil, iniciadora do Projeto Purpurina para jovens LGBTs, um dos primeiros do Brasil no gênero. Realiza trabalho social em seu consultório em São Paulo – Pinheiros, atendendo famílias de LGBTs – pais e jovens: Rua Álvaro Anes, 65 – Pinheiros – São Paulo (SP). 6 livros publicados sobre diversidade sexual e gênero; 13 livros publicados – ficção juvenil.

Ementa

Em uma época em que se debatem, em todos os níveis socioculturais, os direitos das minorias, principalmente relativos às orientações sexuais e identidades de gênero, impõe-se a necessidade de uma ponte entre a Academia e o social, na busca de maior conhecimento sobre esses complexos assuntos, que envolvem riscos de ações violentas e doenças, frutos do preconceito, discriminação e intolerância, muito resultantes do desconhecimento. Esse curso básico, ministrado pela Profa. Dra. Edith Modesto aponta para essa democratização conceitual.

Objetivos do curso

– Apresentar e colocar em discussão – interpretação e contestação – uma visão histórico-discursiva dos conceitos ocidentais de sexualidade e gênero, do final do século XIX para cá.

– Contextualizar e discutir, considerando parâmetros biológicos, psicanalíticos, sociológicos e jurídicos, as categorias de identidade, com as quais os sujeitos são descritos e constituídos no que toca à sua sexualidade (heterossexuais, homossexuais (gays, lésbicas), bissexuais, pansexuais, assexuais) e ao seu gênero (masculino, feminino); andrógenos, cis, transexuais, travestis, transgêneros, trans não binários, etc.).

– Aproximar os conceitos teóricos sobre diversidade de orientações sexuais e identidades de gênero do trabalho de campo e em consultório, olhar o teórico a partir da prática com pacientes.

– Não apresentar nenhum dos conceitos como verdade, ou como correto ou incorreto, do ponto de vista religioso, moral, jurídico, ideológico, ou mesmo do ponto de vista teórico, pois a preocupação é pesquisar, no sentido de aumentar o conhecimento e diminuir o preconceito acerca desses assuntos.

Inscrições
Profissional R$210,00
IAAP R$200,00
Estudante R$190,00

Para Depósito ou DOC :
Banco Itaú – Ag: 1565 C/C: 22232-8
CNPJ: 03.972.713/0001-05

(19) 99607-7559
ipacamp@gmail.com
Local
Espaço da Paulus
Rua Barão de Jaguara, 1163, Centro, Campinas-SP

Patrocínio