“O feminino em chamas: um encontro analítico com a herança das bruxas”

Publicado por webmaster em

Camila Maciel Polônio

Orientadora: Prof. Dra. Denise Amorelli Silveira

Resumo: O olhar para a era atual tem apontado em direção a uma geração de mulheres com uma necessidade suntuosa em conectar-se com a natureza instintiva. Ao mesmo tempo, é evidente a manifestação do medo da própria condição feminina. O medo e a desconexão com o instinto as colocam em posições perigosas. O desejo da relação com si mesma e o difícil encontro com o inquisidor em si, são fatores instigantes que levam as mulheres para o caminho das cinzas. Estão elas recolhendo as cinzas? Carregam a herança do medo? Estão caminhando para o fogo da aniquilação ou indo em direção ao fogo da transformação? O presente trabalho percorre o histórico vivenciado pelas mulheres bruxas, perseguidas e queimadas no período da inquisição católica. A análise inicia-se na Alemanha do século XIV, país que mais matou mulheres pelo crime de bruxaria. A construção da análise foi baseada na psicologia analítica, utilizando o pensamento do feminismo moderno de Simone de Beuavoir e as perspectivas atuais.

Palavras-chave: bruxas, feminino, psicologia analítica, instinto e sombra.

Categorias: Monografias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *