A DEPENDÊNCIA QUÍMICA E OS CONTOS DE FADAS: Uma leitura do Conto João e Maria

Publicado por webmaster em

Carlos Henrique Maciel
Orientadora: Liliana Valéria Crisci Abeid

Resumo: Esta monografia busca fazer uma leitura da dependência química a partir do conto João e Maria, na perspectiva analítica junguiana, extraindo do conto um olhar simbólico para a dinâmica psíquica da dependência. Para isso, o autor, psicólogo clínico, especialista em psicologia analítica junguiana, com experiência em atendimento de homens e de mulheres com histórico de uso abusivo e prejudicial de álcool e de outras drogas, apresenta ao leitor a perspectiva analítica junguiana dos Contos de Fadas e serve-se de um caso atendido em seu percurso profissional para ilustrar o processo terapêutico do indivíduo que faz uso de alguma substância psicoativa. Portanto, será estabelecido essas semelhanças entre o conto, o caso e a dinâmica da dependência química.

Palavras-chave: Dependência química,  contos de fadas e psicologia analítica.

Categorias: Monografias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *